top of page

4 dicas para criar e manter conexões no ecossistema de inovação

A colisão de ideias e repertórios é um ótimo combustível para a geração de inovações. A interação de diferentes mentes gera a possibilidade de uma ideia se refinar a partir de outra, exponencializando o levantamento de problemas e oportunidades, assim como a criação de diversas soluções. Apesar de vermos muitas vezes o nome de uma única pessoa se destacar como grande inventora ou visionária, tenham certeza que o processo de inovação não é um esforço individual, mas sim coletivo.

É por isso que diversos tipos de organizações estão buscando, cada vez mais, estar inseridas em um ecossistema inovador: para se conectar e assim melhorar e aumentar seu fluxo de inovação. Entretanto, muitas pessoas confundem troca de contatos com conexões, o que está longe de ser verdade. Conexão significa ligação, união, vínculo, ou seja, é necessário estabelecer um relacionamento para estar realmente conectado.


A seguir apresentaremos 4 dicas para que você potencialize suas conexões.


1. Saiba com quem você quer se conectar e porquê


Podemos buscar conexões para vários interesses: apresentação de solução ou desafio, divulgação de marca, desenvolvimento de atividades em conjunto, entre outros. Por isso, quando for buscar por conexões, entenda quais são aquelas estratégicas para o seu contexto e que valerão a pena um maior esforço seu e da sua equipe para serem realizadas, aumentando seu potencial de gerar valor.


2. Participe de comunidades

Eventos são ótimas oportunidades de conhecer pessoas, se inspirar com novas ideias e estabelecer networking. Porém, nem sempre esses contatos se transformam em relacionamentos. Neste contexto, fazer parte de uma comunidade pode ser muito mais efetivo. Uma comunidade é um grupo de pessoas que compartilha de um objetivo comum. Sendo assim, as pessoas já estão mais predispostas a realmente colaborar umas com as outras. As comunidades podem interagir via grupo de Whatsapp, Telegram, encontros presenciais, entre outros. O importante é identificar aquela que faz sentido para o seu contexto e momento.


3. Tenha conexões ganha-ganha

Claro que quando nos conectamos com outras pessoas do ecossistema de inovação queremos aprender, ficar por dentro das novidades e utilizar dos conhecimentos dos parceiros para impulsionar a nossa inovação. Entretanto, para criar uma conexão de valor não podemos apenas querer ganhar, também precisamos contribuir com os demais envolvidos no relacionamento. Tenha uma escuta ativa para as suas conexões e procure oferecer valor sempre que possível, criando assim uma parceria ganha-ganha. Apoiar sua conexão é uma ótima estratégia para criar um relacionamento duradouro.



4. Nutra o relacionamento

Essa parte talvez seja a mais negligenciada nas conexões. A conexão é uma relação e, por isso, demanda cuidado em sua manutenção e desenvolvimento. Nutrir o relacionamento nada mais é que cultivar aquele potencial parceiro, criando oportunidades de interação e também apoiando quando possível. Manter o parceiro atualizado sobre suas atividades e conquistas, o desenvolvimento de ações em conjunto, convites para workshops e outros eventos da organização são bons exemplos dessa boa prática.


Esperamos que essas dicas contribuam para que você possa fortalecer suas conexões em 2023.


Posts Relacionados

Ver tudo

1 comentario


Franciele Garcia
Franciele Garcia
03 mar 2023

Excelente artigo!

Me gusta
bottom of page