top of page

Conheça a Cascafina, uma marca que busca resgatar a identidade de povo mineiro

A Cascafina é uma marca que busca celebrar a cultura mineira por meio de diversos produtos diferentes, com a atuação focada na indústria criativa.

Sendo assim, o objetivo é criar conexões com os “mineiros da terra” — nascidos ou criados no estado — e com os “mineiros de coração” que, embora tenham suas raízes em outras regiões, são apaixonados por Minas Gerais.

Afinal, ser mineiro é muito mais do que apenas nascer em uma determinada região do país, mas apreciar a simplicidade de um bom “dedo de prosa”, estar em boas companhias e aproveitar todas as coisas boas que a vida pode nos proporcionar.


Qual é a origem do nome Cascafina?

O projeto da Cascafina começou com a ideia simples de vender camisetas inspiradas em Minas Gerais. Por isso, um belo dia, enquanto Vitor Marques Borges — criador da marca — refletia sobre essa nova jornada que estava prestes a começar, percebeu que uma camiseta nada mais é do que uma “casca” que optamos por usar em nosso dia a dia.


Em uma analogia com a casca de uma laranja, que protege a fruta, as camisetas também nos envolvem e ainda podem ser utilizadas para passar uma mensagem.

Por outro lado, “casca” pode ser uma palavra muito seca e que não carrega nenhum significado especial, pior quando está presente no termo “casca grossa”, utilizado para fazer referência a pessoas brutas.


Contudo, qual seria, então, o contrário de “casca grossa”? Isso mesmo, a Cascafina! Um nome criado para se tornar sinônimo de Minas Gerais, como um tipo de elogio às pessoas “gente fina” dessa região tão especial.


Com relação ao retângulo presente na logomarca, faz-se uma referência a uma moldura. Afinal, nós emolduramos apenas aquilo que consideramos especial e que queremos dar ainda mais valor.


Como começa a história da Cascafina?

A história da Cascafina começa em 2014, a partir de uma desilusão com o cenário publicitário por parte do criador da marca. Não se encontrando no mercado da comunicação, Vitor e um amigo decidiram dar início a uma nova jornada no ramo de camisetas.

Eu não estava muito satisfeito e não sabia o que ia fazer da vida, mas sabia o que não ia fazer: voltar a ficar atrás de um computador criando projetos que eu não sabia para onde iam.

- Vitor Marques Borges


Então, a nova empresa deveria unir ideias criativas à uma visão mercadológica. Ao mesmo tempo, para que esse não fosse apenas mais um trabalho sem propósito, o tema precisava ser realmente relevante para ambos.

Sendo assim, a temática mineira se encaixou perfeitamente a todos os requisitos.

Algum tempo depois, a sociedade foi desfeita e Vitor seguiu “carreira solo”, comandando todas as frentes da Cascafina, como faz até hoje.


Pensando mercadologicamente, imaginei que teria que ser (a marca) alguma coisa que a gente realmente acreditasse. Então, sendo mineiro como sou, bem bairrista, falei ‘vamos criar um ‘trem’ nosso, que fale sobre Minas? Assim eu me sinto mais confiante e já tenho várias coisas na cabeça.

- Vitor Marques Borges



Quais foram os principais desafios da Cascafina?

Assim como em qualquer outro empreendimento, colocar o projeto em prática é sempre um dos maiores desafios. E não foi diferente com a Cascafina. Nesse caso, os idealizadores não possuíam nenhum tipo de conhecimento sobre o mercado da moda, o que foi um dificultador adicional.


Além disso, a ideia inicial era que as vendas viessem exclusivamente do e-commerce. Porém, é comum, para quem está começando, imaginar que basta colocar o site no para que as vendas comecessem a surgir. Na realidade, não é bem assim.

Então, lá vou eu, em 2018, depois de abrir um e-commerce sem entender nada de e-commerce, abrir uma loja física sem entender nada de lojas físicas. Mas, embora eu diga não acreditar em destino, abrimos a loja da Cascafina em frente à adega onde rascunhamos os primeiros esboços da marca.

- Vitor Marques Borges


É possível dizer que um dos maiores desafios enfrentados pela marca foi a pandemia de coronavírus, iniciada no Brasil em 2020. O isolamento social começou exatamente quando a empresa estava estudando um projeto de franquias elaborado pelo Sebrae.


De onde vem a inspiração para continuar os trabalhos com a Cascafina?


A Cascafina é um projeto que evoluiu de uma simples ideia de construção de renda para se tornar uma fonte de propósito na vida do seu idealizador.


A marca se mantém viva a partir dos diversos depoimentos recebidos dos clientes com fortes vínculos com o que parecem ser apenas frases bem humoradas em camisetas, mas que na realidade, são muito mais do que isso.

Uma das histórias mais emocionantes que Vitor teve o prazer de escutar foi contada a ele por uma cliente cujo avô era um grande fã da marca, mas que, infelizmente, veio a falecer.


Contudo, uma das camisas favoritas de seu avô era um modelo Cascafina, que ela guarda, até hoje, com todo o carinho, pois ainda tem o cheiro especial que a remete a tantos momentos inesquecíveis vividos em sua companhia.


São relatos como esse que reforçam a importância de um trabalho realizado com muita dedicação e carinho, com o objetivo de amplificar as conexões entre pessoas.


Como a Cascafina trabalha a inovação?

Para Vitor Marques Borges, é muito importante que uma marca que busca construir uma imagem digital consolidada conte com uma área de marketing efetiva.


Vitor reconhece a importância de uma equipe especializada que entenda o propósito da marca e proponha novas ideias que acompanhem o ritmo de inovação do mercado como um todo.


Contudo, esse passa a ser, inclusive, outro desafio em sua própria empresa, que ainda centraliza muitas funções. Ao mesmo tempo, o criador da Cascafina fica feliz em ver o resultado de todos os seus esforços e da cooperação com outros parceiros, avaliando tudo o que já foi conquistado desde o início, em 2014.



De que maneira a sustentabilidade faz parte do negócio?

A fabricação dos produtos da Cascafina é majoritariamente realizada a partir de parceiros. Por isso, parte da consciência sustentável do negócio é dividida com os fornecedores. O processo de silk das camisetas, por exemplo, é uma etapa que gasta bastante água.


Portanto, para trabalhar a sustentabilidade, no momento, a marca confia em empresas da parte de produção das peças que tenham certificados de responsabilidade ambiental ou que, pelo menos, trabalhem para adquiri-los ao longo do tempo.


Por outro lado, os produtos Cascafina são feitos para durar. O objetivo não é que o cliente tenha que descartar itens antigos e comprar novos com frequência, muito pelo contrário.


Além disso, sempre que possível, são utilizadas opções sustentáveis na comercialização das peças. A sacola da loja, por exemplo, é feita de papel, e não de plástico.


Quais são os principais produtos da Cascafina?

Os “carros-chefe” da Cascafina são as camisetas estampadas com as mais criativas referências à cultura mineira que você possa imaginar. A concepção das ideias fica por conta do próprio criador da marca, Vitor Marques Borges.

Contudo, a popularidade da temática e a priorização da qualidade de fabricação promoveram uma expansão no catálogo da loja e possibilitaram uma gama variada de produtos.


Portanto, é possível escolher entre diversas opções de moletons, bodys e camisetas infantis e diversos tipos de artigos de decoração personalizados, como azulejos, canecas, copos de cachaça, imãs de geladeira e papelaria.


Como comprá-los?

Você pode encontrar os produtos Cascafina pelo site oficial da marca e recebê-los em qualquer lugar do Brasil, no conforto da sua casa. Dessa forma, você garante uma compra segura e com processos de troca e devolução que seguem à risca todos os direitos do consumidor.

Agora, se você quer uma experiência mineira raíz, pode fazer uma visita presencial à loja da Cascafina em Alfenas, interior de Minas Gerais. Assim, essa será uma ótima oportunidade para conhecer os itens da marca de perto e ainda prosear bastante enquanto toma um cafezinho.


Além disso, não se assuste se encontrar produtos Cascafina em alguma outra loja perto de você, pois muitos revendedores já estão levando essas mineirices para outras partes do Brasil.


E se você quiser continuar acompanhando esse projeto de perto, siga o perfil da Cascafina no Instagram!





1 kommentar


Cascafina
Cascafina
07. dec. 2022

cês não imaginam a felicidade que brota aqui em ver nossa história ser contada com tanto carinho. obrigado, queridos!

Synes godt om
bottom of page